TRÊS MENTIRAS QUE VÃO TE CONTAR PRA VOCÊ SE MATRICULAR EM CURSOS – Cuidado com multa e para não perder dinheiro de matrícula

Olá meus amigos e amigas!

          Um dia me ligam falando que são de uma escolha de idiomas, me dizendo que eu tinha sido SORTEADO e que poderia fazer um curso sem pagar matrícula. Bastava ir até a escola para começar as aulas. 

          Fiquei muito feliz. “Meu Deus, eu ganhei! Eu fui sorteado”… 

          Mas alguns momentos depois, pensando melhor, me perguntei: “Ora, mas eu não estou participando de sorteio nenhum… de onde esse pessoal tirou meus dados?”

          Nossa matéria de hoje fala sobre as três maiores mentiras que vão te contar para que você se matricule em cursos. Antes, vou te explicar por qual razão fiz essa matéria. (A matéria está logo a seguir, mas se preferir assistir o vídeo, basta clicar e assistir)

 

          Após alguns anos sem postagens, estamos reativando o blog.

          Durante todos esses anos nossa matéria mais vista foi sobre como cancelar o curso antes do início das aulas sem perder o dinheiro de matrícula e sem ter que pagar multa. 

          Lendo os comentários de vocês, e vendo a explosão de visualizações na matéria (mais de 170 mil), passei a me perguntar: mas por qual razão tantas pessoas estão passando pelo mesmo problema? 

          São centenas de pessoas que me relataram suas experiências: algum vendedor muito, mas muuuito afiado, a convenceu a se inscrever num curso. A pessoa assina o contrato, paga o dinheiro de matrícula, na emoção do momento, mas quando chega em casa se arrepende. Ou as parcelas não cabem no orçamento. Ou não era exatamente o curso que queria, ou não a escola que gostaria de fazer o curso.

          Quando voltam para cancelar a matrícula, não querem devolver o dinheiro de matrícula e querem cobrar uma multa pesada, calculada sobre todo o contrato. 

          Vou deixar ao final dessa matéria o link das matérias que discutem, aqui no blog e no canal do Buscando Direitos no Youtube, quais os passos para cancelar esse contrato, receber o dinheiro de matrícula de volta e ainda se livrar da multa contratual. Explico os fundamentos (ainda que tenha assinado o contrato, é possível cancelar) e explico o passo a passo para quem deseja fazer o possível para ter seus valores investidos de volta.

          Obviamente, é você quem vai decidir se vale a pena seguir os passos ou não. Mas, sabendo um dos caminhos possíveis a trilhar, acredito que fica mais fácil a decisão.

          Essa matéria aqui, porém, é um alerta. E UM ALERTA COM “A” MAIÚSCULO! 

          Tenho certeza que se você ou algum conhecido seu tivesse contato com essa matéria antes, saberia se defender dos vendedores e evitaria maiores dores de cabeça.

          Portanto, se puder, espalhe esse conteúdo. E não estou pedindo pra você compartilhar o vídeo, nem o link do blog. Você assimilando já estará pronto para alertar quem você conhecer. Espalhe, portanto, o conceito, para quem quiser e puder.

          Não tem tempo de ler e prefere assistir? Fiz esse vídeo a seguir, que já vai revelar quais são as 3 maiores mentiras usadas para você se inscrever em cursos. A matéria escrita está logo abaixo. 

Vamos lá! Enfim, as três maiores mentiras. 

          Entenda bem cada uma delas. A terceira, na minha opinião, é a que “fisga” mais pessoas. Ela é muito mais elaborada e, também na minha opinião, a mais perversa.

          Se você conseguir compreender essas três mentiras tenho certeza que estará pronto para prever várias outras e para não cair em nenhuma venda dessas. Não é problema você querer melhorar sua formação. O problema é quando mentem para você para fazê-lo assinar um contrato cheio de armadilhas. Portanto, CUIDADO, e boa leitura!

1) UM SUPOSTO SORTEIO OU GANHO DE BOLSA DE ESTUDOS

          Um dia me ligaram, como disse antes e acabaram dizendo que eu tinha sido sorteado. Eis a primeira mentira:

          DIZEM QUE FOI SORTEADO, PREMIADO, ESCOLHIDO, e que por isso terá uma grande matrícula. 

          Quem não quer ganhar algo, ser escolhido em algo ou sorteado para ganhar alguma coisa? Quando dizem que você “GANHOU”, certamente muitas emoções explodem dentro de você. Para muitos, é difícil abrir mão dessa emoção. 

          Se te disserem isso, respire fundo! Respire mais uma vez. E se pergunte: mas que sorteio foi esse?

          Em seguida, verifique se realmente gostaria de fazer aquele curso oferecido, naquela escola que está lhe ofertando tudo isso. Verifique na internet se há reclamações da escola. Verifique se há outras escolas em que você preferiria fazer seu curso e compare os valores. De repente essa escola que te ligou está fazendo o mesmo preço daquela outra escola que você estava pensando em se formar.

          Não tenha pressa. Eles vão te dizer que você tem pouco tempo para decidir. Essa é outra técnica de vendas, para te dar a sensação de que se não decidir rapidamente, vai estar perdendo uma oportunidade única.

          Será mesmo?

          Procure se informar.

2) PROGRAMA DO GOVERNO EM PARCERIA COM ESCOLAS PARTICULARES

          Um dia uma amiga me liga dizendo que tinha sido contemplada com uma bolsa do Governo para fazer um curso de informática.

          Perguntei qual era o programa, pois ela parecia estar insegura com tudo aquilo, ainda que já tivesse marcado um dia para ir até aquela escola.

          Não me lembro se disseram que era o programa Jovem Aprendiz, ou Jovens em Desenvolvimento… era algo nesse sentido.

          Comecei a pesquisar e não encontrei programa nenhum do governo, nem com o nome, nem com a proposta que tinham passado para ela.

          Pesquisei mais a fundo e encontrei algumas pessoas que tinham sido enganadas com essa mesma promessa. Estavam arrependidas, pois depois que a emoção abaixou, ficaram os boletos. E o curso não era bom. Se sentiram enganados. 

          Ela acabou não se matriculando. Mas seu irmão recebeu a mesma proposta alguns meses depois e quase fechou, apesar de todos os alertas dela. No último instante ele pediu parar ver o contrato e que lhe fosse mostrado onde estava escrito sobre o programa do Governo. Eles disseram muitas coisas para tentar explicar a razão pela qual supostamente não poderiam mencionar isso no contrato… enfim. MENTIRA!

          Repito as recomendações dadas no item anterior. Respire, deixe a alegria de ter sido escolhido e contemplado descer um pouco e questione tudo o que for importante para ver se realmente vale a pena entrar naquele curso.

 

3) ENTREVISTA DE EMPREGO FAKE!

          Não foi uma nem duas pessoas que cairam nessa. Se você for naquela matéria sobre cancelamento (link ao final), vai poder ler vários comentários relatando a mesma coisa: foram chamados para entrevistas de emprego, ou seus filhos foram chamados, passaram por algumas etapas, mas não conseguiram a vaga. 

          O motivo? Não tinham uma formação técnica específica. 

          E adivinhem só: eles tinham uma super parceria com uma escola que dava exatamente aquele curso para aquele candidato!

          A entrevista, muitas vezes, era uma entrevista FAKE, feita apenas para convencer a pessoa a comprar aquele curso com aquela instituição.

          E essa é uma técnica, pelo que vi, muito eficaz. Afinal, eles acabam tocando em uma das maiores feridas do ser humano: não conseguir um emprego, não conseguir pagar as contas, não ter uma profissão.

          Quando você vai para a entrevista e é reprovado dá uma sensação forte de uma chance perdida. Bate aquele pensamento de “poxa, se eu tivesse feito o curso, agora teria entrado nessa vaga”. E isso praticamente empurra a pessoa a comprar aquele curso oferecido. 

          Talvez você esteja agora me perguntando algo como: “espera, então você acha que as pessoas não devem fazer cursos? Acha que línguas, cursos técnicos ou de informática não são importantes?”. – eu entendo seu questionamento. E a respostá é: não. Não acho.

          Entendo que é muito importante você se aprimorar, aprender novos ofícios, ter novas ferramentas, pois isso certamente vai te dar muito mais chances no mercado de trabalho, assim como também vai te trazer desenvolvimento pessoal. Concordamos nisso.

          O problema que, sinceramente, vejo aqui é a questão da mentira. O problema é eles mexerem dessa forma com suas emoções para lhe empurrar um contrato garganta abaixo. 

          Vejo problema também quando no dia seguinte você pensa melhor, calcula melhor e decide ir cancelar o contrato. E então, como assinou no calor das emoções, sequer percebeu que se tentasse desistir, perderia seu dinheiro de matrícula e mais um grande percentual calculado sobre todo o contrato. E então você ou perde dinheiro, sem eles terem prestado qualquer serviço, ou você se vê preso a fazer o curso naquela escola, ou  precisa seguir um caminho judicial e extrajudicial para recuperar seu investimento.

          Ou seja,

          Se você sente que, sim, é o momento de aprimorar seu conhecimento, pesquise: a) a escola que mais lhe agrada; b) a escola que caiba no seu orçamento; c) a escola que você tenha pesquisado a reputação na internet e visto se tem mais elogios ou reclamações; d) o curso que você entende que realmente vai lhe abrir portas no mercado de trabalho.

          Entende o que quero dizer? Quero que você tenha liberdade de escolha, pois imagino que o investimento certamente vá pesar no seu orçamento. E assim sendo, que seja num lugar e um curso, que realmente vá lhe trazer o que está buscando.

 

ENFIM, MEUS AMIGOS, CUIDADO!

          Se souber de outras mentiras que estão sendo contadas com o mesmo objetivo, compartilha aqui comigo ou no canal do Youtube. Vamos ajudar as pessoas a se prevenirem dessas situações! Conto com você!

E agora, vamos aos links:

a) matéria do blog sobre cancelamento, sobre ter matrícula de volta e fugir da multa: CLICA AQUI

 

b) Vídeo no Youtube explicando 3 fundamentos pelos quais você pode cancelar a matrícula e fugir da multa mesmo que tenha assinado o contrato: 

 

c) Vídeo no Youtube sobre OS TRÊS PASSOS PARA CANCELAR O CURSO RECUPERANDO A MATRÍCULA E SEM PAGAR MULTA:

 

Aos consumidores: precisando de assessoria para elaborar notificações extrajudiciais para cancelar o curso oficialmente, envie e-mail para buscandodireitos@hotmail.com

Aos advogados: pareceres, petições iniciais e capacitação jurídica para o caso, encaminhe e-mail para nossa assessoria no e-mail buscandodireitos@hotmail.com

Gostou da matéria? Já aconteceu com você? Compartilhe, e deixe sua opinião.

TEM ALGUM TEMA DE MATÉRIA QUE GOSTARIA DE VER POR AQUI? ME DEIXA NOS COMENTÁRIOS!

Abraços!

Cauê Barbosa

Deixe um comentário

Arquivado em Cartilha ao Consumidor, Direito do Consumidor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s